Diretores Escolares em um Contexto de Reforma da Educação

Marcelo Baumann Burgos, Ana Carolina Canegal

Resumo


O presente trabalho resulta de uma pesquisa etnográfica realizada em 2010 com diretoras de quatro escolas públicas, duas em Recife e duas no Rio de Janeiro. O principal achado da pesquisa foi a identificação de um forte traço personalista na atuação das diretoras, situação que reflete um baixo grau de institucionalidade da gestão escolar. Da nossa perspectiva, esse traço personalista estaria relacionado com o processo de precarização institucional da escola pública, que acompanha a chegada maciça dos pobres a ela a partir dos anos de 1980. Nas décadas seguintes, esse personalismo das diretoras se combina com a redução da autonomia escolar e a tendência ora em curso de ampliação do poder dos vértices das redes escolares. Por isso, na conclusão do artigo, defendemos a
necessidade de que as reformas educacionais se preocupem mais com o fortalecimento institucional da escola, reconhecendo o papel do diretor como líder na construção de um novo padrão de autonomia escolar.

Texto completo:

PDF


INDEXADA EM:

Latindex - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal

Sumarios.org - Sumários de revistas brasileiras

Periódicos Capes - Portal de Periódicos CAPES/MEC


Faculdade de Educação
Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação
Programa de Pós Graduação Profissional em Gestão e Avaliação da Educação Pública

Avenida Eugenio do Nascimento, 620 - Dom Orione - CEP: 36038-330 - Juiz de Fora - MG
Telefone: (32) 4009-9326
E-mail: revista@caed.ufjf.br